menu.gif  
 
PROJETO DE PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO
Ajude-nos na luta contra o câncer do colo do útero


O QUE É O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO?
É um câncer que está entre os que mais matam as mulheres brasileiras. E ele está relacionado com a presença de um vírus chamado HPV nos órgãos genitais da mulher.



O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO PODE SER PREVENIDO?
Seguramente. Em mulheres que fazem o preventivo do câncer, conhecido como Papanicolaou, podem ser descobertas lesões antes de evoluirem para o câncer. E descobrir alteraçôes nas células, cuja principal causa é o vírus HPV.



QUEM PODE CONTRAIR A DOENÇA OCASIONADA PELO VÍRUS HPV?
Qualquer mulher ou homem que mantenha relações sexuais.



É POSSÍVEL EVITAR DE PEGAR O VÍRUS HPV NAS RELAÇÕES SEXUAIS?
A maneira mais eficaz é não ter relações sexuais. Uma outra maneira é ter relações sexuais monogâmicas, isto é, com um único parceiro ou parceira. O uso da camisinha masculina ou feminina não parece proteger de maneira segura, embora protejam contra outras doenças que são transmitidas através das relações sexuais.



O QUE É UMA VACINA?
Todas as vacinas podem prevenir infecções porque estimulam uma resposta imunológica nas pessoas que as utilizam. Alguns exemplos de vacinas que usamos rotineiramente são: contra poliomielite (paralisia infantil), sarampo, hepatite B, rubéola e outras. Algumas são dadas por via oral, outras, como essa vacina que agora estamos testando, através de injeção.

Uma vacina,em fase de experimentação, está sendo estudada em Curitiba.
Espera-se que ela possa prevenir a infecção pelo vírus HPV.



COMO É FEITA A VACINA?
É importante salientar que essa vacina não é feita do vírus HPV. Portanto, não há nenhum risco de contrair a doença do HPV tomando a vacina. Espera-se que os anticorpos que forem produzidos após a vacina terão capacidade para matar o vírus e evitar a doença. A vacina em uso contra a hepatite B é feita desse modo e ela não ocasiona risco maior às pessoas que a usam.



COMO POSSO PARTICIPAR DESSE ESTUDO DA VACINA CONTRA O HPV?
Este estudo está aberto à participação de todas as jovens mulheres, sem qualquer custo, que tenham os seguintes requisitos:

1) idade entre 16 e 23 anos;

2) não estejam grávidas no momento e não desejem engravidar nos primeiros 8 meses do estudo.

Existem outros requisitos para poder participar do estudo, que são explicados pessoalmente às interessadas.

Se você está interessada em participar, ligue para um dos telefones em Curitiba: 253-6622 ou 254-3424.
Ou vá até o:

CERHFAC, à Rua Amâncio Moro, 77 - Alto da Glória, ao lado da Igreja do Perpétuo Socorro e do campo de futebol do Coritiba.




O QUE SERÁ FEITO DURANTE A PESQUISA?
1) Será minuciosamente explicado a todas as participantes como será o estudo.

2) Todas deverão ler um documento com mais informações e assinar o consentimento para participar.

3) Um questionário será respondido pelas jovens em cada visita.

4) Um exame médico ginecológico minucioso será feito, inclusive com pesquisa de infecções sexualmente transmissíveis e preventivo do câncer do colo Uterino.

5) A vacina é aplicada em 3 doses, intramuscular, no início do estudo, dois meses após e seis meses após o início.

6) Haverá um seguimento com coleta de sangue para exames de laboratório.

7) O estudo durará alguns anos.




IMPORTANTE
Este estudo foi aprovado por um CEP - Comitê de Ética em Pesquisa local e pelo CONEP - Conselho Nacional de Ètica em Pesquisa
MULHERES MENORES DE IDADE PRECISAM
TER A PERMISSÃO POR ESCRITO DA MÃE,
DO PAI OU RESPONSÁVEL PARA PODER
PARTICIPAR
 



COMO ESSE ESTUDO PODE ME BENEFICIAR?

1) Você receberá gratuitamente exames médicos ginecológicos, com pesquisa de infecções sexualmente transmissíveis e o exame preventivo do câncer do colo uterino.

2) Se necessário, receberá gratuitamente os anticoncepcionais que desejar usar durante o período do estudo.


É seu direito interromper a participação no estudo em qualquer momento que julgar necessário.

Não esqueça de convidar as suas amigas para participar desse estudo.

Os horários para atendimento são marcados de acordo com a
disponibilidade de dia e horário de cada uma das participantes.


INVESTIGADOR RESPONSÁVEL
Prof. Dr. Rosires Pereira de Andrade
Prof. Titular de Reprodução Humana da
Universidade Federal do Paraná

CO-INVESTIGADORES
Dra. Regina Celi Piazzetta
Médica Ginecologista e Obstetra

Dr. Roberto Laporte Ambrosewicz
Médico Ginecologista e Obstetra

COORDENAÇÃO E SUPORTE NA
ÁREA DE INFORMÁTICA

Rosângela Carneiro Netzel

AUXILIARES DE ENFERMAGEM
Diva Adélio
Leocádia Francener
Carmen Lúcia Meroski

Bióloga
Mariangela Pegoraro

 
Rua Amâncio Moro, 77
Alto da Glória - CEP 80030-220
Curitiba - Paraná
Fone: (41) 3254-3424

pesquisa@cerhfac.com.br
Todos os direitos reservados
© CEPEME CERHFAC