menu.gif  
 
O impacto da vacina quadrivalente contra HPV 6-11-16-18 na Austrália

A partir do mês de abril de 2007 o governo da Austrália disponibilizou gratuitamente a vacina quadrivalente contra HPV 6-11-16-18 para mulheres com idades entre 12 e 26 anos. Após 2009, apenas para as meninas entre 12 e 13 anos.

Em recente publicação, Read et al. (1) mostraram os resultados desta vacina usada no Centro de Saúde Sexual de Melbourne, no que concerne ao diagnóstico de novos casos de verrugas genitais, comparando com o que havia acontecido antes da vacina estar disponível, a partir de julho de 2004.

Os maiores declínios entre os períodos de 2007-2008 e 2010-2011 ocorreram em mulheres menores de 21 anos de idade. Houve uma redução de 18,6%, observado em 2004, para 1,9%.

Entre homens heterosexuais menores de 21 anos de idade a redução foi de 22,9% para 2,9% (frise-se que o programa de vacinação gratuita incluiu apenas o sexo feminino).

Antes de julho de 2007, os diagnósticos de VG aumentaram significativamente a cada ano (OR 1.16, 95% IC 1.05 – 1.28) e não sofreram alteração em todos os outros grupos.

Após julho de 2007, os diagnósticos de VG diminuiram significativamente em mulheres menores de 21 anos de idade e também entre as com 22 a 29 anos, mas não entre as mulheres com mais idade (Tabela 1). O mesmo aconteceu entre os homens heterosexuais (Tabela 2). No entanto, após julho de 2007 diagnósticos de VG não tiveram alteração em homens que fazem sexo com homens.

Esta é a primeira evidência que um programa de vacinação com 70% de cobertura em jovens mulheres diminui acentuadamente VG na população heterosexual jovem, tanto feminina quanto masculina. Outros dados, também da Austrália (2), já haviam demonstrado um declínio similar nas taxas de lesões cervicais uterinas de alto grau em jovens mulheres vacinadas com a vacina quadrivalente contra HPV 6-11-16-18.

 
Rua Amâncio Moro, 77
Alto da Glória - CEP 80030-220
Curitiba - Paraná
Fone: (41) 3254-3424

pesquisa@cerhfac.com.br
Todos os direitos reservados
© CEPEME CERHFAC